The Brazilian Daily Artist

Tuesday, October 14, 2014

A rosa solitária

A rosa solitária

Sempre que eu, quando criança, via sob os móveis as rosas que minha avó arrumava nos vasos da casa, na sala de estar, e ela sempre deixava uma de fora, porque o jarro já estava do seu jeito, completo, eu chamava a excluída de rosa solitária...

O lago da Serenidade

O Lago da Serenidade

A Natureza e ensinou a ter calma e a ter sabedoria. Quando tudo a minha volta ficava insuportavel com o stress dos outros, eu escolhia os lugares mais calmos e as paisagens mais naturais!

Atalho para a chácara

Atalho para a chácara

O caminho era desnivelado, com pedras, e pequenos morrinhos cobertos de musgo, mas o que chamava atenção, era a fileira de árvores cheirando a flor e os efeitos dos riscos de sol que passavam entre os troncos e quando se olhava a frente era como um buraco de luz, ma saída de uma gruta...o cheiro o calor e os barulhos do mato ficam na memória para sempre.

Friday, October 10, 2014

Lagoa dos Flamingos

A Lagoa dos Flamingos



O menino catando acerolas

O menino catando acerolas 

De manhã ele corre e vai para o quintal...o galo que cantava pára para ver,a pressa do menino em catar as pequenas frutas que o vento da noite deixou pelo chão...

Sunday, October 05, 2014